Passo a passo: aprenda como afinar um ukulele de forma correta

5 minutos para ler

Saber como afinar um Ukulele é extremamente importante. Afinal, todo instrumento de corda tem que ser muito bem afinado para evitar que a sonoridade fique estranha. Em outras palavras, não existe nada mais desagradável do que um instrumento desafinado.

Por isso, você deve saber como afinar o seu Ukulele corretamente e o ajudaremos a fazer isso. Para tanto, confira este artigo que preparamos sobre o assunto.

Por que é importante afinar um Ukulele corretamente?

Afinar um Ukulele pode ser confuso inicialmente, pois não segue a regra padrão de notas de um violão ou outro instrumento popular. Além disso, por ser um instrumento com poucas cordas e um braço curto e, até mesmo por conta do material que suas cordas são feitas, gera uma sonoridade muito desagradável quando está desafinado.

Mesmo quem não entende muito de música percebe quando o Ukulele está desafinado. Portanto, não dá para fugir. Você precisa saber afinar o seu instrumento para evitar esse tipo de situação muito chata.

Como afinar um Ukulele?

Entendida a importância de afinar o seu instrumento mostraremos como afinar um Ukulele. Continue lendo!

Conheça a sequência padrão

Primeiro, é importante conhecer a sequência padrão do Ukulele e isso deve ser feito com base no tipo de instrumento. Por exemplo, os tamanhos Soprano, Concerto e Tenor são afinados em C e a sequência é G, C, E e A, de cima para baixo. Essa afinação é conhecida como High G.

Além disso, temos a afinação linear, utilizada para Ukulele Barítono. Nesse caso, a sequência é D, G, B e E, também de cima para baixo.

Use outro instrumento como referência

Uma ótima técnica para acertar na afinação é se basear na sonoridade de um mesmo instrumento já afinado. Para isso, toque uma corda de cada vez em cada Ukulele, simultaneamente, e faça os ajustes no que está desafinado até soarem exatamente iguais.

Esse método, além de funcionar muito bem, treina seu ouvido musical simultaneamente, desenvolvendo habilidades que podem até mesmo salvar você de contratempos em apresentações ao vivo!

Afinação relativa

Essa afinação não necessita de nenhum elemento externo, apenas seu Ukulele. Essa técnica utiliza as próprias cordas do instrumentos como referência entre si.

Funciona dessa forma:

1) Toque a corda C com a 4ª casa pressionada. Em seguida, toque a corda E sem pressionar nenhuma casa e ajuste sua tarraxa até que as duas notas soem exatamente iguais.

2) Toque a corda E com a 5ª casa pressionada. Em seguida, toque a corda A sem pressionar nenhuma casa e ajuste sua tarraxa até que as duas notas soem exatamente iguais.

3) Toque a corda E com a 3ª casa pressionada. Em seguida, toque a corda G sem pressionar nenhuma casa e ajuste sua tarraxa até que as as duas notas soem exatamente iguais.

O único ponto negativo desse recurso é que se a sua corda de referência não estiver de acordo com a afinação padrão, as demais também não estarão. Se você estiver praticando sozinho, não há problema. Mas, no caso de dois ou mais instrumentos simultâneos, todos tem que usar a mesma referência.

Afinador eletrônico

Afinadores eletrônicos fornecem a maior precisão possível. Captando o som do instrumento por meio de um microfone, sinal enviado por cabo ou pela própria vibração do instrumento, esses equipamentos são, sem dúvida, os que geram resultados mais exatos.

Recomendados para apresentações ao vivo e gravações em estúdio, eles podem ser pequenos, em formato clip, que se prendem ao instrumento, normalmente no headstock, em forma de pedal e até mesmo como aplicativos em seu smartphone, muitas vezes de forma gratuita.

Quais cuidados na hora de afinar um Ukulele?

É importante ter cuidado na hora de apertar a corda. Faça isso com muito cuidado para não exagerar e acabar quebrando alguma delas. Se você sentir que uma delas já está apertada demais e, mesmo assim, não chega no tom certo, pare e verifique a corda de referência.

Outro ponto é evitar retirar todas as cordas do instrumento de uma vez, pois isso pode desregular seu Ukulele. Na hora de trocar o encordoamento, faça uma por vez.

Por fim, é importante repassar a afinação de todas as cordas antes de começar a tocar o instrumento para garantir que estão muito bem alinhadas.

Agora que você sabe como afinar um Ukulele não vai mais passar aperto quando notar que ele está desafinado, evitando situações desagradáveis que podem colocar em risco a sua qualidade como músico.

Gostou destas dicas? Se quiser saber mais sobre o assunto leia o artigo que separamos. Nele, mostraremos 4 dicas para comprar um bom Ukulele.

Você também pode gostar

Deixe um comentário