Como limpar o teclado musical? Confira 3 dicas

Pessoa tocando teclado musical
3 minutos para ler

Os instrumentos musicais são, em sua maioria, objetos muito sensíveis e que precisam de cuidados específicos. Logo, escolhas erradas no momento da limpeza ou descaso com a manutenção, podem causar problemas graves e prejudicar permanentemente a qualidade do som e a funcionalidade deles.

Então, para evitar danos e garantir que a sonoridade do seu instrumento seja preservada, preparamos este conteúdo, com 3 dicas sobre como limpar teclado musical. Continue a leitura e veja por que é tão importante mantê-lo limpo, como isso deve ser feito e o que você não pode fazer!

1. O problema da sujeira

O teclado é um instrumento que está muito suscetível a danos causados pela sujeira. Isso por causa dos espaços e frestas que ele tem, que são pontos de difícil acesso e que podem acumular partículas muito pequenas, difíceis de serem evitadas.

Nesse sentido, a sujeira superficial, com o tempo, vai sedimentando e se tornando mais nociva, podendo adentrar o interior das peças e se fixar em pontos primordiais, como os contatos eletrônicos. Isso pode comprometer o funcionamento e a qualidade do som emitido pelo teclado.

Logo, guardar o teclado da forma correta é muito importante. Mas, mesmo assim, o tempo de uso é suficiente para que ele acabe ficando sujo.

2. A hora da limpeza

No momento da limpeza, é preciso ter atenção e delicadeza. A opção mais segura é um pano seco ou levemente umedecido. Lembre-se de que os líquidos são muito perigosos e podem danificar gravemente os componentes eletrônicos, então, tome cuidado. Sendo assim, evite pressionar demais as teclas e colocar peso sobre elas.

Ainda, tenha atenção para não empurrar a sujeira para os cantos e escolha pequenas áreas de cada vez. Repare nas superfícies com vincos e ranhuras, são nesses pontos que o pó se acumula e depois acaba chegando ao interior do teclado.

3. O que não fazer

Em primeiro lugar, não utilize produtos químicos. Eles podem manchar e retirar a proteção das peças. Além disso, considere detergentes, álcool ou qualquer adstringente como proibidos. Outra atitude que pode causar danos é sacudir ou bater o teclado. Isso pode levar à desconexão e deslocamento das partes internas, o que ocasiona em mau funcionamento do instrumento.

Pensando nisso, talvez seja bom realizar uma limpeza mais profunda, periodicamente, mas feita por profissionais, que desmontam o equipamento com técnicas e ferramentas corretas para limpar as peças individualmente, com o devido cuidado!

Então, não empurre ou desloque nenhuma das partes do teclado para retirar a sujeira, pois você pode deformá-las ou quebrá-las. Além disso, não use ferramentas improvisadas, com pontas ou superfícies afiadas.

O segredo para o bom estado de um teclado é mantê-lo limpo. Logo, após praticar, estudar e treinar, sempre faça uma limpeza. E quando o instrumento não estiver em uso, mantenha-o coberto, com capas apropriadas.

Essas foram nossas dicas sobre como limpar teclado musical. Esperamos que você tenha gostado do conteúdo e que ele seja útil no cuidado com o seu instrumento.

Caso queira receber mais dicas relacionadas ao universo da música, siga-nos no YouTube, Facebook e Instagram.

Você também pode gostar

Deixe um comentário