Como ter disciplina para aprender a tocar um instrumento musical?

Pessoa estudando violão
4 minutos para ler

Aprender a tocar um instrumento musical é o sonho de muitas pessoas. Mas, para que isso se torne realidade, é preciso ter algumas atitudes, como disciplina, planejamento e uma dose de paciência.

Isso, porque alguns iniciantes já querem pegar o instrumento e sair tocando canções inteiras, esquecendo-se do quanto é importante uma boa base teórica e prática.

Afinal, saber tocar vai muito além de decorar algumas músicas. Além disso, é preciso ser capaz de ler uma partitura ou cifras, por exemplo, e conhecer os detalhes sobre o funcionamento do instrumento.

Quer saber como ter a disciplina necessária? Então, continue a leitura e veja todas as dicas!

Planeje o seu tempo de estudo

Aprender a tocar um instrumento é tão desafiador quanto estudar uma matéria complicada. Há etapas em que você vai se sair bem, mas em outras, a sensação é de que seus dedos, mãos ou boca simplesmente não obedecem.

Portanto, é fundamental levar esse aprendizado a sério e se planejar, da mesma forma que faria se estivesse estudando qualquer outra coisa: organize-se e não crie desculpas para não treinar.

Uma boa dica para organizar esse planejamento é dividir o seu tempo entre estudos de técnica, teoria musical, repertório e revisão da última aula.

Crie um compromisso diário

Por falar em treino, você já deve ter visto em filmes ou, até mesmo, tido um vizinho que estava estudando música e tocava a mesma coisa, sem parar. Essa repetição pode até parecer estranha para quem escuta, mas é bastante válida para quem está aprendendo a tocar.

Logo, mantenha a disciplina criando um compromisso diário com você mesmo. Essa prática vai ser fundamental, especialmente se você faz aulas fora de casa, pois esses estudos diários permitirão que se lembre do que foi aprendido na aula anterior.

Não desista

Sempre que pensar que está difícil, pergunte-se porquê resolveu aprender a tocar um instrumento. Provavelmente, a resposta será: porque eu gosto.

Além disso, se te satisfaz, é essencial que você encontre esse tempo para si mesmo. Como sabemos, o aprendizado faz bem ao cérebro e à saúde como um todo.

Então, sempre que você agarrar em alguma nota ou trecho, seja persistente e mantenha o foco. Busque formas de melhorar, converse com o seu professor e assim que conseguir se superar nesse desafio, perceberá o quão gratificante é saber tocar um instrumento.

Inspire-se nos seus ídolos

Certamente, você tem os seus ídolos na sua música — pessoas que, até mesmo, o incentivaram a começar a tocar. Além de apenas assistir a esse músico como um fã, perceba-o com um olhar mais apurado e profissional, analisando como ele interage com o instrumento, a sua postura etc.

Também busque por vídeos e documentários sobre essas personalidades. Essa é uma excelente maneira de saber como a pessoa agia quando estava na mesma fase que você, e também de aprender alguns macetes e dicas.

Pesquise sobre rotinas de treinamentos e dicas de técnicas na internet

A internet, inclusive, é uma fonte inesgotável de conhecimento. Pesquise sobre tipos de treinamentos que combinam com sua personalidade e disponibilidade, bem como técnicas — de pessoas famosas ou não.

Existem muitos músicos compartilhando suas experiências na web e diversos fóruns de discussão com pessoas que têm as mesmas dificuldades e dúvidas do que você. Essas páginas, além de ajudarem a esclarecer as suas perguntas, vão ajudar na motivação, já que você vai ver que tem muita gente com as mesmas dificuldades.

Grave a si mesmo tocando

Você já experimentou gravar a si mesmo tocando? Essa é uma excelente forma de enxergar como toca, onde erra e o que pode ser aprimorado. Isso porque, enquanto tocamos, estamos concentrados em muitas coisas ao mesmo tempo e não estamos 100% focados apenas em avaliar a performance.

Basta pegar o seu smartphone e gravar — o que ajuda também aquelas pessoas mais tímidas a começarem a se ver em frente às câmeras!

Saber como ter disciplina é fundamental para aprender a tocar um instrumento. Afinal, nada se aprende sem dedicação e compromisso. Mas lembre-se de que a música é, de fato, uma paixão e seus estudos não devem perder nunca a alegria de estar ali, junto ao instrumento que você escolheu!

Gostou do conteúdo? Para conferir mais textos relacionados ao mundo da música, assine a nossa newsletter!

Você também pode gostar

Deixe um comentário