Qual a função do FX Loop? Confira aqui!

Conexões de um amplificador
3 minutos para ler

O FX Loop é um recurso que permite ligar pedais de efeito entre o pré-amplificador e o amplificador de potência. O objetivo é um som mais limpo e fiel. Mas, as condições e forma de uso podem variar, dependendo do objetivo de cada guitarrista.

Assim, neste post, descreveremos os detalhes do funcionamento dessa função. Lembrando que não existe certo ou errado, você poderá elaborar sua própria forma de uso, de acordo com as suas preferências e necessidades. Pronto? Então, vamos começar!

Como funciona o FX Loop?

Para começar, você sabe o que é a cadeia de sinal de um amplificador? É como um caminho que o sinal da guitarra percorre até chegar ao amplificador. Nesse trajeto, ele tende a enfraquecer ou se alterar, dependendo da ordem em que os pedais são ligados, comprimento e qualidade dos cabos e da fonte.

Quando chega ao amplificador, o sinal passa pela pré-amplificação, onde é ampliado, mas ainda não o suficiente. Antes de encantar seus ouvintes, ele será enviado para o amplificador de potência (power), que faz o resto do trabalho.

É aí que entra o FX Loop! Ele permite que você conecte alguns efeitos entre o pré e o power, para que não alterem o sinal antes que ele seja pré-amplificado e distorcido. Esse recurso preserva o timbre e pode ser usado de formas diferentes.

Aliás, existem algumas variações nesse funcionamento, dependendo do amplificador que você usa. Por exemplo, alguns amplificadores trabalham com um sistema em paralelo, em que o sinal é dividido e enviado em duas vias: uma que vai direto para a potência e a outra que passa pelos pedais — a ligação em paralelo é a que mais protege o sinal.

Que pedais ligar no loop?

Entradas FX Loop

Precisamos considerar que os maiores problemas dos pedais envolvem variações de brilho e dinâmica do som. São essas características que fazem com que o Delay, Flanger, Phaser e Chorus sejam os mais beneficiados quando ligados entre o pré-amplificador e o power. Já pedais de distorção, wah e compressor, devem ser ligados diretamente pela frente do amplificador

Então, para criar uma cadeia de sinal correta, utilizando o FX Loop, você deve conectar os pedais desejados à guitarra e à frente do amplificador normalmente, mas ligar os efeitos de ambiência separadamente pelas entradas SEND e RETURN, atrás do amplificador.

Agora que você tem uma boa noção do funcionamento do loop, pode pensar em novas configurações para seu set! Ainda assim, é bom lembrar que esse tipo de definição é algo pessoal. Ser curioso e testar várias possibilidades até encontrar o timbre perfeito é um prazer que ninguém pode tirar de você.

Quer mais dicas? Precisa escolher um amplificador com a configuração ideal, alguns pedais ou cabos de melhor qualidade para preservar o sinal da guitarra? Entre em contato conosco pelo nosso Instagram!

Você também pode gostar

Deixe um comentário