Gravação de voz em estúdio: confira nossas 4 dicas

Microfone em estúdio
3 minutos para ler

A gravação de voz em estúdio costuma ser um dos processos mais difíceis das etapas musicais. O cantor precisa estar preparado para que o resultado seja o melhor possível e contar com um espaço adequado e equipamentos de qualidade.

As vantagens de uma gravação em estúdio são percebidas pela qualidade do resultado final, devido ao isolamento de ruídos externos e das boas condições proporcionadas aos músicos.

Neste artigo, traremos 4 dicas para quem pretende gravar voz em estúdio. Confira nossas sugestões!

1. Prepare a voz

A preparação da voz é fundamental para garantir uma gravação de qualidade. Para isso, é importante fazer um bom aquecimento, se possível, por até uma hora antes de iniciar as gravações. Depois disso, é interessante fazer exercícios de manutenção vocal, como vibrar os lábios e fazer vocalizes, que são exercícios para fortalecer os músculos das cordas vocais.

Quanto mais preparo houver, melhor será o resultado. Escutar bastante a base instrumental antes de começar a gravação, conhecer a estrutura da música e saber onde serão as respirações são atitudes que facilitam o processo.

2. Confira o espaço

Estúdios profissionais costumam ter a acústica ideal, já que são projetados com a missão de abafar qualquer ruído externo, além de proporcionar uma sonoridade adequada. O clima também deve ser apropriado, pois é essencial manter os equipamentos na temperatura certa, evitando o calor e aquecimento da aparelhagem.

Ainda, o espaço onde o cantor grava, também chamado de aquário, deve ter um clima mais ameno do que o da sala dos engenheiros de som, para não danificar a voz e comprometer o resultado das atividades.

3. Verifique os equipamentos

O simples fato de estar em um estúdio profissional não garante que os equipamentos serão de qualidade. Portanto, é importante verificar o que está sendo utilizado na gravação. A quantidade de microfones, por exemplo, não deve ser levada mais a sério do que a qualidade deles.

Além disso, é preciso ter programas de gravação modernos e rápidos, que facilitam a edição e correção de pequenos problemas. Os fones de ouvido também são necessários, bem como monitores de áudio e outros recursos.

4. Tenha paciência

Para que o resultado seja satisfatório, é comum gravar mais de um canal, sendo normal chegar até 4 dobras da mesma voz gravada. Isso contribui para que o som saia o melhor possível.

Sendo assim, os erros fazem parte do processo. Por isso, não se desespere ao errar algum trecho da música ou entrada. Lembre-se que a preparação prévia ajuda a minimizar tais dificuldades, mas não elimina todos os contratempos.

Essas são algumas dicas de gravação de voz em estúdio. A preparação é fundamental e garante um bom resultado, assim como a acústica do local deve ser adequada. Portanto, vale a pena conferir se a sala oferece o isolamento e um ambiente com boa captação sonora. Desse modo, as gravações serão mais produtivas e com maior qualidade.

Gostou das dicas? Então, continue no blog e descubra quais são os 6 equipamentos de áudio que você precisa ter para um bom som!

Clique para produtos relacionados
Você também pode gostar

Deixe um comentário