O que é Impulse Response? Entenda essa tecnologia inovadora!

Pedaleira Mooer com Impulse Response
4 minutos para ler

É possível encontrar todo tipo de analogia em algumas explicações sobre o que é Impulse Response e elas são muito boas. Mas, vamos tentar algo mais prático, uma informação que sirva para que você avalie como esse recurso pode ajudar a encontrar o timbre que procura para o seu instrumento.

Vamos começar com uma definição? Tudo vai ficar mais claro a partir dela. Confira!

O que é Impulse Response?

Imagine um guitarrista passando o som em um ginásio cheio de eco. Ele liga seu amplificador Marshall, posiciona um microfone próximo a um falante superior e outro mais afastado, captando o som dos 4 falantes do alto. Ainda, liga o equipamento no PA e alguém grava tudo isso de uma arquibancada superior.

Esse cenário reproduz uma vibração com um determinado tempo de resposta de reverberação, atrasos de propagação, reflexão e uma variedade de propriedades acústicas bastante específicas. Qualquer alteração, seja do amplificador, seja do ambiente ou do arranjo dos microfones altera essas características, certo?

Agora pense em um equipamento capaz de emular esse comportamento acústico. Pronto! Você acaba de idealizar um Impulse Response (IR). Para que fique mais claro, a emulação é uma reprodução fiel à original, portanto, é mais real do que uma simulação ou imitação. Ainda, com uma IR, é possível emular gabinetes, ambientes ou um conjunto de propriedades acústicas presentes em determinado cenário.

Como funciona o Tone Capture, da Mooer?

Que tal usar várias guitarras, de todas as marcas, em um mesmo show? A cada música, você poderia usar a que estivesse mais próxima do resultado que deseja. A imaginação é ótima, mas a realidade envolve problemas de transporte e, principalmente, de dinheiro para comprar vários dos melhores instrumentos. 

Como uma resolução de obstáculos, o Tone Capture usa o sistema de IR para emular o timbre de várias dessas obras-primas de lutheria. Qualquer guitarra com captador, inclusive violões, pode ser utilizada como referência para criação de um modelo digital. Basicamente, o pedal grava o som desejedo, “interpreta” e armazena qualquer marca e modelo com captação. Por exemplo: você pode fazer uma Les Paul soar como uma Stratocaster e uma Telecaster soar como um violão acústico, ou qualquer combinação que preferir! Lembre-se que você presica, ao menos uma vez, utilizar o instrumento, amplificador ou pedal que deseja emular juntamente com o Tone Capture.

Em quais modelos de pedal esse recurso está presente?

Além do Tone Capture, a tecnologia IR está presente em outros pedais e pedaleiras. Conheça a seguir.

Pedal Mooer Tone Capture M701

Pedal Mooer M701

O M701 possui 7 slots para armazenamento dos timbres que você deseja ter como opção. Pequeno e leve, esse pedal vai direto ao ponto e aumenta bastante suas escolhas de timbre com um equipamento reduzido.

Pedaleira Mooer Ge300

Mooer Ge300

A Mooer Ge300 é uma pedaleira com 108 modulações de amplificadores, 43 simulações de gabinete, 164 efeitos, um looper de 30 minutos e o sistema Tone Capture incluído.

Pedaleira Mooer Ge250

Mooer Ge250

Já a Ge250, modula 70 amplificadores, emula 32 gabinetes com o Impulse Response e também capta outros amplificadores, além de oferecer 180 efeitos.

Agora que você sabe o que é Impulse Response e que conhece um pouco dos produtos Mooer, pode avaliar como usar esse recurso no seu set. 

Conte com a gente para qualquer orientação mais específica que precisar na hora de tomar uma decisão. Enquanto isso, confira as opções no nosso site.  

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário