5 destinos imperdíveis para fazer turismo musical

Homem, em Londres, olhando para o Big Ben, ponto túrisco da cidade.
4 minutos para ler

Você sente que o som está no seu DNA? Se sim, o turismo musical, embora não muito difundido, é uma excelente maneira de se conectar ainda mais com uma banda ou estilo preferido. Pode ser também uma forma de agregar vivência e cultura, baseando-se nas histórias das músicas.

Pesquisamos 5 destinos cujas atrações têm tudo a ver com esse universo. Entenda o que une esses locais à música, suas particularidades e como se divertir conhecendo mais sobre os artistas que os tornaram pontos de encontro musical.

Que tal então conferir este post e acrescentar alguns roteiros à sua próxima viagem? É só continuar com a leitura!

1. Liverpool e os Beatles

A banda mais famosa da galáxia promoveu Liverpool como sendo a atração turística do noroeste da Inglaterra. A cidade possui muitos destinos ligados aos músicos, do local de nascimento dos integrantes ao museu criado em homenagem a eles.

Sendo assim, comece visitando a Mendip e a 20 Forthlin Road, onde John e Paul passaram boa parte da infância. Pegando o ônibus Magical Mystery, você passará pelas escolas em que eles estudaram e pela famosa faixa de pedestres da Abbey Road, homenageada em seu 12º álbum.

Ainda, não deixe de visitar o Cavern Club, onde a banda realizou suas primeiras apresentações, e tirar uma selfie ao lado do quarteto fantástico, na Beatles Statue.

2. Londres e os grandes do Rock

Impossível falar de turismo musical e não citar Londres. Capital da música e cultura pop, Londres deu origem a tantos talentos que precisaríamos de um artigo extra para falar de todos. Entretanto, não podemos deixar de citar Queen, The Who, David Bowie, Sex Pistols e Rolling Stones. Na cidade inglesa, também surgiram Elton John, Amy Winehouse, entre outros.

Uma forma de homenagear essas lendas por lá é conhecer o Hard Rock Café e jantar no Troubadour Club, local onde Bob Dylan e Adele se apresentaram pela primeira vez. Depois, dê uma passada pelo Rock Archive e nos estúdios da Trident, estes últimos, responsáveis pelas gravações das cifras de alguns dos melhores álbuns do rock mundial.

3. São Francisco e o movimento hippie

A cidade fica no distrito da Califórnia e é conhecida pela culinária alternativa e vegana, bem como por hospedar os bilionários da tecnologia. Entretanto, no passado, foi local do nascimento da contracultura e dos hippies.

São Francisco já foi residência de Janis Joplin e John Lennon — na sua fase mais psicodélica — além de palanque para diversos jovens da época pregarem seus ideais de amor, antimilitarismo e uso liberado de substâncias.

Hoje, abriga o famoso festival musical de verão — o Outside Lands — cinemas independentes e brechós que vendem boas relíquias do estilo. Fica lá também a Amoeba Records, uma das maiores lojas de música independente do mundo.

4. Viena e a música clássica

Quer conhecer mais sobre ópera e grandes nomes da música clássica? Viena, na Áustria, deve ser seu próximo destino. A cidade abriga o Ópera House e mais de 15.000 concertos anuais, além de museus com a história dos maiores compositores da música clássica, como Mozart, Strauss e Beethoven etc.

5. Seattle, Jimi Hendrix e a guitarra

Considerado como o maior guitarrista de todos os tempos — pelo menos até o momento — Jimi Hendrix nasceu em Seattle e merece um lugar nessa lista. A cidade conta com um parque de 10 mil metros quadrados, situado próximo ao local onde o artista nasceu e passou parte de sua infância.

Nele, é possível ver diversos pontos da sua história e se encantar com algumas músicas, desenhadas na calçada. Os fãs também vão gostar de tirar uma foto ao lado da sua estátua nas ruas da cidade e dar uma olhada no Museu da Cultura Pop.

Já sabe onde começar seu turismo musical? Esperamos que o conteúdo tenha contribuído para você conhecer mais os atrativos em cada cidade e que ajude nessa escolha. Se este não for ainda seu momento de desbravar o mundo, motivado pela música, não deixe de considerar alguma dessas atrações na sua próxima viagem.

Gostou do post? Aproveite a inspiração que ele certamente trouxe e descubra também como aprender a tocar um instrumento!

Deixe um comentário